Aracy De Almeida Jo - Teksciory.pl

Wyniki wyszukiwania:


Szukasz:

Aracy De Almeida Jo

Wykonawcy (218)

Aracy De Almeida Jo

Teksty piosenek (60101)

Aracy De Almeida Jo
  • Aracy De Almeida Jo?o Ningu
    "Joo Ningum Que no velho nem moo Come bastante no almoo Pra se esquecer do jantar... Num vo de escada Fez a sua moradia Sem pensar na gritaria Que vem do primeiro andar Joo Ningum No"
  • Bruno Pelletier Jo
    "Histoire de drogue, histoire de coups,Histoire dans une vie d'fouTous les matins, le jour se lveEt tu as peur pour tes rves.Pris parti, tu perds le pariEncore une gaffe qui cote le prix,Et t'as fini par"
  • Aracy De Almeida Falta De Sorte
    "Meu Deus tenha piedade J procurei e no encontrei a felicidade Duvido que outra alma me suporte Tamanha falta de sorte Faa-me Deus essa caridade, Faa-me Deus essa caridade. duro mas verdade,"
  • Aracy De Almeida Coberto De Ouro
    "No quero mais saber, De quem me fez sofrer, Nem que venha coberto de ouro, No h prazer, Quem me fez, me fez, E outra no me faz, Enquanto eu viver, No te quero mais. (bis) Gosto at de ouvir, Os teus lamentos, Teus"
  • Aracy De Almeida Feitio De Ora
    "Quem acha vive se perdendo Por isso agora eu vou me defendendo Da dor to cruel desta saudade Que, por infelicidade, meu pobre peito invade Batuque um privilgio Ningum aprende samba no colgio Sambar chorar"
  • Aracy De Almeida Pra Que Mentir
    "Pra que mentir se tu ainda no tens Esse dom de saber iludir? Pra qu?! Pra que mentir Se no h necessidade de me trair? Pra que mentir, se tu ainda no tens A malcia de toda mulher? Pra que mentir"
  • Aracy De Almeida Fez Bobagem
    "Meu moreno fez bobagem Maltratou meu pobre corao Aproveitou a minha ausncia E botou mulher sambando no meu barraco Quando eu penso que outra mulher Requebrou pra meu moreno ver Nem d jeito de cantar D"
  • Aracy De Almeida A Voz Do Morto
    "Estamos aqui no tablado Feito de outo e de prata De filo, de nailon Eles querem salvar as florias nacionais As glorias nacionais Coitados Ninguem me salva Ninguem me engana Eu sou alegre Eu sou contente Eu"
  • Aracy De Almeida Filosofia
    "O mundo me condena, e ningum tem pena Falando sempre mal do meu nome Deixando de saber se eu vou morrer de sede Ou se vou morrer de fome Mas a filosofia hoje me auxilia A viver indiferente assim Nesta"
  • Aracy De Almeida Vaca Amarela
    "A vaca amarela pulou a janela, Mexeu, tanto mexeu, Que at quebrou a tal tigela. A minha casa tem quintal pra morro, Com um "bangal" que eu fiz pro meu cachorro, Do lado esquerdo tem uma cancela, Toda"
  • Aracy De Almeida O X Do Problema
    "Nasci no Estcio, fui educada na roda de bamba E fui diplomada na escola de samba Sou independente, conforme se v Nasci no Estcio, o samba a corda Eu sou a caamba E no acredito que haja muamba Que"
  • Aracy De Almeida Tr?s Apitos
    "Quando o apito da fbrica de tecidos Vem ferir os meus ouvidos Eu me lembro de voc Mas voc anda Sem dvida bem zangada Ou est interessada Em fingir que no me v Voc que atende ao apito de uma chamin"
  • Aracy De Almeida Engomadinho
    "De terno branco, todo engomadinho, Todo faceiro, carregando o pinho, J vem chegando meu feliz cantor, Salve o seresteiro, salve a meu amor. A noite minha, O seu semblante alegre est dizendo, Que est"
  • Aracy De Almeida O Orvalho Vem Caindo
    "O orvalho vem caindo Vai molhar o meu chapu E tambm vo sumindo As estrelas l no cu Tenho passado to mal A minha cama uma folha de jornal Meu cortinado o vasto cu de anil E o meu despertador"
  • Aracy De Almeida N?o Tem Tradu
    "O cinema falado o grande culpado da transformao Dessa gente que sente que um barraco prende mais que o xadrez L no morro, seu eu fizer uma falseta A Risoleta desiste logo do francs e do Ingls A gria que"
  • Aracy De Almeida Feiti
    "Quem nasce na l Vila Nem sequer vacila Em abraar o samba Que faz danar os galhos do arvoredo E faz a lua nascer mais cedo O sol da Vila triste Samba no assiste Porque a gente implora: Sol pelo amor"
  • Aracy De Almeida
    "Nosso amor que eu no esqueo E que teve seu comeo Numa festa de So Joo Morre hoje sem foguete Sem retrato e sem bilhete Sem luar, sem violo Perto de voc me calo Tudo penso, nada falo Tenho medo de chorar Nunca"
  • Aracy De Almeida Fita Amarela
    "Quando eu morrer No quero choro nem vela Quero uma fita amarela Gravada com o nome dela Se existe alma Se h outra encarnao Eu queria que a mulata sapateasse no meu caixo - REFRO No quero flores Nem"
  • Aracy De Almeida Com Que Roupa ?
    "Agora vou mudar minha conduta Eu vou pra luta, pois eu quero me aprumar Vou tratar voc com fora bruta Pra poder me reabilitar Pois esta vida no est sopa Eu pergunto com que roupa Com que roupa . ."
  • Aracy De Almeida Brotinho Bossa-nova
    "Brotinho bossa-nova, Fina flor do sindicato, Do cachorro-quente, Da Lambretta e do boato, Cabelo no ombro, Na pinta, um assombro, Porm no me engana, Com todo seu "it", falsa Brigite, De Copacabana. Diz"


Korzystanie z portalu oznacza akceptację Regulaminu. Polityka Cookies. Prywatność. Copyright © 1999-2020 INTERIA.PL Wszystkie prawa zastrzeżone.
Teksty piosenek i tłumaczenia: ilość w serwisie - 688 074