córy zurychu - Teksciory.pl

Wyniki wyszukiwania:


Szukasz:

córy zurychu

Teksty piosenek (4938)

córy zurychu
  • Westchnienie haremu Cyniczne córy Zurychu
    "Ma stary tata Turek Sześć zaradnych córek: Ajsze, Baszak, Fatma, Dżanan, Burczu i Raszida. Gdy się na córki złości, To w tej kolejności: Ajsze, Baszak, Fatma, Dżanan, Burczu i Raszida. Którejś nocy wyszły"
  • Pushmonkey Core
    "I am naked, you are sacred safe uncovered, subtle rupture rush for comfort, such desire shared forever, your touch soothes me to my Core, when you speak my name I crash, when you go insane I crumble like"
  • Latin Quarter Cora
    "It's a snow-wind She's felt it blow for sixty years or more. Cora and the snow-wind Like the row-lock and the oar Cutting through these icy waters To find shelter and perfection and the shore. Cora's"
  • Tino Cora
    "Fiz um veleiro Navego contigo luz do luar Em lpis de cor pra eu sonhar Pra colorir a solido Chuva de prata Brilho de estrelas Posso pedir Pra ningum te descobrir E nem chamar tua ateno A noite veste estrelas. No"
  • Beto Guedes Cora
    "O amor quer amor Seja como for Dom de ser feliz Sonho bom Todo amor quer saber Aprende com prazer Descobrir, conhecer Sentir um outro ser demais, sempre mais Toda emoo Noites e manhs Pra viver Corao "
  • Guilherme Arantes Cora
    "Corao pulsando chamando por ela Corao batendo naquela porta Corao lutando rompendo a casca a pele morta. Meu nome ningum Minha história esqueci Minha idade o agora O passado eu perdi Eu venho do nunca Eu"
  • Guilherme Arantes Cora
    "(Corao paulista) (corao paulista) Eu amo voc paranóica seus olhos vidrados e duros me fazem sofrer (corao paulista) Eu nego voc paranóica da boca pra fora, no sangue eu no sei lhe esquecer (corao paulista) "
  • Guilherme Arantes Cora
    "Procuro um emprego decente que no tire o couro da gente e que d pra viver procuro um cigarro no bolso um dinheiro que pague o almoo que eu quero comer procuro um cinema sem fila um programa pro fim de"
  • Leila Pinheiro Cora
    "Numa estrada dessa vida Eu te conheci, oh! flor Vinhas to desiludida Mal sucedida por um falso amor Dei afeto e carinho Como retribuio Procuraste um novo ninho Em desalinho ficou o meu corao Meu peito"
  • Angela Maria Cora
    "Coraes lusitanos, Ventos vindos de l, Digam, ao meu Portugal, Que eu no posso voltar. Hoje j no h Coimbra, Hoje j no h mais choupal, Hoje só h dor no peito, Saudade de Portugal. Meus amores, meus amigos, Como"
  • Vanusa Cora
    "Meu corao vadio, dantes nunca navegado No Atlntico ancorado pacfico demais Num dia americano como estouro de boiada Meu corao de nada quis Amrica do Sul Que leviano, o meu peito americano Quiere hablar"
  • Jo?o Gilberto Cora
    "Meu corao no se cansa De ter esperana De um dia ser tudo o que quer Meu corao de criana No só a lembrana De um vulto feliz de mulher Que passou por meus sonhos Sem dizer adeus E fez dos olhos meus Um"
  • Joanna Cora
    "Esse amor Muitas vezes me assusta E entra por dentro da casa Tomando o quarto, a sala a despensa Desarruma os sentimentos E me vira a cabea Se eu pudesse fingir mas no devo Mentir mas no posso Falar quando"
  • Ney Matogrosso Cora
    "Quero a utopia, quero tudo e mais Quero a felicidade nos olhos de um pai Quero a alegria muita gente feliz Quero que a justia reine em meu pas Quero a liberdade, quero o vinho e o po Quero ser amizade,"
  • Ney Matogrosso Cora
    "Corao aprisionado no canta, no canta amor H uma fera a solta, a solta, amor Dentro de mim Ai, h uma fera a solta e a minha garganta, amor Se estreita e se cala, a solido assim No quero conter em mim"
  • Oswaldo Montenegro Cora
    "Batendo pernas Correr mundo afora Vitrine do mundo Lugares mo Ir onde seus olhos forem Seguindo as palavras secretas do seu corao Descer os rios da vida. Pegar avenidas, escadas, Ladeiras, metrs Conhecer"
  • Catedral Cora
    "Pginas velhas de um livro Imagens vivas na memória Portas abertas para recordaes Tempo distante, mas que to vivo Criana viva bem dentro de mim Heróis e mostros, toda fantasia Vida cercada de alegria Como"
  • Milton Nascimento Cora
    "Quero falar de uma coisa Adivinha onde ela anda Deve estar dentro do peito Ou caminha pelo ar Pode estar aqui do lado Bem mais perto que pensamos A folha da juventude o nome certo desse amor J podaram"
  • Netinho De Paula Cora
    "H quanto tempo eu no a via Pensei que j tinha esquecido Como po encanto ela me apareceu Fazendo sentir o que eu no queria Mas foi bom pra mim, valeu como lio No se deve fechar antes da hora um corao Um"
  • Roberta Miranda Cora
    "No brinque com o meu corao Ele to delicado Mesmo sofrendo calado Pode matar a paixo No brinque com o corao De uma mulher Pois, se ela quiser Te arranca do cu Te pe no cho Foi assim que aconteceu Com"


Korzystanie z portalu oznacza akceptację Regulaminu. Polityka Cookies. Prywatność. Copyright © 1999-2020 INTERIA.PL Wszystkie prawa zastrzeżone.
Teksty piosenek i tłumaczenia: ilość w serwisie - 687 464