Wyniki wyszukiwania: tribalistas velha infancia

(212)

Wykonawcy (1)

tribalistas velha infancia

Teksty piosenek (212)

tribalistas velha infancia

  • Tribalistas - Tribalistas
    "Os tribalistas j no querem ter razo No querem ter certeza, no querem ter juzo nem religio Os tribalistas j no entram em questo No entram em doutrina, em fofoca ou discusso Chegou o tribalismo no pilar"
  • Velha Inf - Tribalistas
    "Voc assim, Um sonho pra mim, E quando eu no te vejo. Eu penso em voc, Desde o amanhecer, At quando eu me deito. Eu gosto de voc. E gosto de ficar com voc. Meu riso to feliz contigo. O meu melhor amigo"
  • La Infancia - Inti-Illimani
    "Semana sobre semana Transcurre mi edad primera. Mejor ni hablar de la escuela, La odi con todas mis ganas, Del libro hasta la campana, Del lpiz al pizarrón, Del banco hasta el profesor. Y empiezo a amar"
  • Mae Velha - Cesaria Evora
    "Dibaxo-di bo foguera BO cria ns desse manera Kb saia prete kb lincim B mostr ns ok ke ns Oh me oh me Oh me oh me Oh me velha oih Me velha oih me velha Tcham cantope esse canao Pa legrope b coraao Me velha"
  • Velha Chica - Martinho Da Vila
    "Antigamente a velha Chica Vendia cola e gengibre E l pela tarde Ela lavava a roupa do patro importante E nós os midos L da escola, perguntvamos A vovó Chica Qual era a razo daquela pobreza Daquele nosso"
  • Velha Companheira - Altemar Dutra
    "No tenho ódio dentro do meu peito Com muito jeito vou dizer quem sou No tive idia de sentir despeito Nem sentir mgoa, nem guardar rancor Tu me desprezas, velha companheira Ser castigo o que eu estou pagando Teu"
  • Velha Chica - Djavan
    "(by Djavan & Dulce Pontes) Antigamente que a velha Chica vendia cola e gengibre Antigamente que a velha Chica vendia cola e gengibre E l pela tarde, ela lavava a roupa de um patro importante E l pela"
  • Velha Chica - Dulce Pontes
    "(by Djavan & Dulce Pontes) Antigamente que a velha Chica Vendia cola e gengibre Antigamente que a velha Chica Vendia cola e gengibre E l pela tarde, ela lavava A roupa de um patro importante E l"
  • Estrada Velha - Amado Batista
    "Eu venho humildemente De uma cidade do interior Contando passo a passo O cho que a sorte traou Trago a saudade no peito E uma dor no corao Que aos poucos virou cano Refro: Deixe o tempo correr Deixe a"
  • Homenagem A Velha Guarda - Clara Nunes
    "Um chorinho me traz Muitas recordaes Quando o som dos regionais Invadia os sales E era sempre um clima de festa Se fazia serestas Parando nos portes Quando havia os balces Sob a luz da Lua E a chama dos"
  • Cantiga Da Velha M?e E Dos Seus Dois Filhos - Sergio Godinho
    "Ai o meu pobre filho, que rico que Ai o meu rico filho, que pobre que Nascidos do mesmo ventre Um vive de joelhos pró outro passar frente E esta velha me para aqui j no sol poente Um dia h muito"
  • A Velha Peleia Do Sexo Contra O Amor Juvenil - Doidivanas
    "Qualquer bailanta que eu v Que eu olhe teu tranco pra l e pra c Coxa torneada com tudo em cima China gostosa assim no vai d D a maió bola depois se espanta Só porque eu quero te agarr, fur Tambm com essa"
  • Carnav - Tribalistas
    "Vem pra minha ala que hoje a nossa escola Vai desfilar Vem fazer história que hoje dia de glória Neste lugar Vem comemorar, escandalizar ningum Vem me namorar vou te namorar tambm Vamos pra avenida, desfilar"
  • Um A Um - Tribalistas
    "Eu no quero ganhar Eu quero chegar junto Sem perder Eu quero um a um Com voc No fundo No v Que eu só quero dar prazer Me ensina a fazer Cano com voc Em dois Corpo a corpo Me perder Ganhar voc Muito alm"
  • Passe Em Casa - Tribalistas
    "Passam pssaros e avies E no cho os caminhes Passa o tempo, as estaes Passam andorinhas e veres... Passe em casa T te esperando! T te esperando! Passe em casa T te esperando! T te esperando! Estou esperando"
  • - Tribalistas
    "voc Só voc Que na vida vai comigo agora Nós dois na floresta e no salo Nada mais Deita no meu peito e me devora Na vida só resta seguir Um risco, um passo, um gesto rio afora voc Só voc Que invadiu o"
  • Anjo Da Guarda - Tribalistas
    "Escureceu O sol baixou Anjo da guarda Cantarolou Nana nenm Nana nenm Cacheadinho Anjinho de manh Sob o sol Cada gota de orvalho A secar suor suor de trabalho O estudante O trabalhador Sente em deixar O"
  • L - Tribalistas
    "Longe, l de longe De onde toda beleza do mundo se esconde Mande para ontem Uma voz que se exoanda e suspenda esse instante Longe, l de longe De onde toda beleza do mundo se esconde Mande para ontem Uma"
  • Pecado - Tribalistas
    "Falados os segredos calam E as ondas devoram lguas Vou lhe botar num altar Na certeza de no apressar o mundo No vou divulgar Só do meu corao para o seu Pecado lhe deixar de molho E isso lhe deixa louco No,"
  • Pecado - Tribalistas
    "Falados os segredos calam E as ondas devoram lguas Vou lhe botar num altar Na certeza de no apressar o mundo No vou divulgar Só do meu corao para o seu Pecado lhe deixar de molho E isso lhe deixa louco No,"

Ostatnio wyszukiwane

Teksty piosenek

Wykonawcy

Lista alfabetyczna

Znajdujesz się na stronie wyników wyszukiwania dla frazy tribalistas velha infancia. Na odsłonie znajdziesz teksty, tłumaczenia i teledyski do piosenek związanych ze słowami tribalistas velha infancia. Tekściory.pl - baza tekstów piosenek, tłumaczeń oraz teledysków.